sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Reminiscência


Daquela dança que tivemos na festa
Já não lembro, estava eu em torpor.
Em minhas lembranças, nada resta.
Assim como o nosso amor.

Meu coração partiu-se ao lembrar
Da noite em que você me deixou
Pois eu fui, e você não estava lá,
Um de nós nunca mais amou.

Se um dia eu te visse na estação,
Eu certamente preferiria os trilhos,
Que esmagaria meu coração
Com mais piedade do que fizeste comigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário