sexta-feira, 18 de julho de 2014

Morte Utópica



És uma mulher má
Que roubou meu coração
E a morte que foi minha amiga
Me alentou desta paixão

Se o inferno é o mundo
O céu é uma utopia
Se a noite damos um beijo
Morremos juntos ao dia

Se a necrópole é a lua
O túmulo é o sol
Ao beijar a boca tua
Viro peixe no anzol

Nosso leito és uma dádiva
Nossa morte uma aurora
Morro só nesta noite
E você lamenta e chora

Nenhum comentário:

Postar um comentário