domingo, 20 de abril de 2014

Pão e Vinha na Taverna



















 De vinho a taverna está vazia
 Pão na ceia não mais restou
 O pranto em minha face se definha
 Se bebo e choro é pela pura que me deixou


Nenhum comentário:

Postar um comentário